Os cremeblends vieram para ficar

Os cremeblends vieram para ficar

Já faz algum tempo que a MAC está diminuindo a produção dos seus blushes em creme tradicionais, e tons mais populares como Ladyblush estavam esgotados em vários lugares.

Em 2010 a coleção MAC em Lilyland foi o ensaio, trazendo 4 tonalidades inéditas de blush cremoso em nova fórmula, os Cremeblend. Eu comprei uma delas, a Flórida, que não foi reeditada desta vez, mas era um rosa fúcsia bem gritante, lindo. A tonalidade de mais sucesso naquela época foi a So sweet, so easy que é um rosinha super gracinha e foi a única que voltou agora permanentemente com os novos Cremeblend 2011. Além da So sweet, so easy, também vieram reeditados na nova fórmula os blushcremes mais populares de antes: Ladyblush, Posey e Brit Wit. Os outros 2 tons novos e permanentes são o Something Special (coral) e Tea Petal (ameixa).

A nova fórmula é um avanço com certeza e deve conquistar aqueles que têm dificuldade com blush cremoso por uma série de razões:

Cremeblend em "So sweet, so easy" - Foto do Temptalia

– os cremeblend têm uma fórmula bem seca. Não que os blushcreme sejam oleosos, mas só de olhar pro blush você já vê que é uma fórmula seca, bem mate. Após aplicado ele fica natural, mas nunca brilhoso ou com aspecto oleoso;

–  a durabilidade é excelente, a fórmula cremosa-seca realmente adere à pele, dura o dia inteiro;

–  é fácil de aplicar, principalmente se você estiver na rua porque não precisa de pincel (apesar de que se aplicado com pincel o resultado é melhor ainda). Eu nunca aplico com pincel porque não quero ter que ficar lavando meus pincéis toda hora, aplico com os dedos mesmo, seja em casa ou na rua;

– naturalidade. Claro que aplicar um blush de forma natural depende muito mais das mãos que aplicam do que da fórmula, mas para um blush em creme, os cremeblend  proporcionam bastante naturalidade, é difícil errar e exagerar na cor.

No geral, a fórmula nova é superior à anterior em todos os quesitos e se você já gostava dos blushcreme vai gostar mais ainda dos cremeblend. Se você não gostava, talvez seja a hora de dar uma chance.

Share

O Stash é editado por Adriana Nunan, especialista em cosméticos de luxo, com mais de 10 anos de experiência em blogs de varejo. Psicóloga clínica e consumidora exigente, Adriana oferece uma perspectiva abrangente dos benefícios – objetivos e subjetivos – dos produtos avaliados.

Recommended Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *