Protetor Solar UltraSheer Liquid FPS55 (Neutrogena)

Protetor Solar UltraSheer Liquid FPS55 (Neutrogena)

Há pouco tempo uma leitora (a Vanessa) perguntou sobre este protetor nos comentários do excelente post do Pedro. E me toquei que nunca falei sobre ele.
Eu tenho há cerca de 1 ano, foi uma encomenda errada. Era pra vir o Dry Touch e minha mãe trouxe o Liquid, que eu nem conhecia.
O meu veio dos EUA, parece que está chegando no Brasil agora. E parece também que a fórmula é diferente, portanto, o que vou falar aqui se refere à versão americana.
O nome faz jus ao produto: ele é realmente líquido. Tem aquele cheirinho característico dos protetores da Neutrogena, talvez seja um pouquinho mais suave. A mim não incomoda, até porque, não sinto mais o cheiro ao longo do dia. Mas conheço gente que não suporta. Bem, tem cheiro de protetor solar sim.
Ele é super líquido, portanto espalha fácil, mas ao passar ele tem tipo uma cola bem suave, que deixa o produto ligeiramente grudento ao espalhar. Mas quando seca ele não fica oleoso.

Pra mim a versão Dry Touch do UltraSheer é ligeiramente mais seca sim, forma uma camada tipo um primer. Este Liquid não. Ele fica praticamente imperceptível. Depois de umas 5h de uso, o meu rosto tá bem sequinho, com exceção da minha testa, que ficou ligeiramente oleosa. É como se eu não tivesse passado nada: não percebo o produto no meu rosto (minha testa já fica oleosa normalmente ao longo do dia).

Ele também vem com Heliopex que dá estabilidade e garante uma boa proteção.

É um produto bom, mas não é o melhor protetor que já usei. Continuo preferindo da Adcos (que também tem o mesmo FPS).

Share

O Stash é editado por Adriana Nunan, especialista em cosméticos de luxo, com mais de 10 anos de experiência em blogs de varejo. Psicóloga clínica e consumidora exigente, Adriana oferece uma perspectiva abrangente dos benefícios – objetivos e subjetivos – dos produtos avaliados.

Comments

  1. Adorei a resenha! Creio que nenhum protetor ocidental vai bater a eficiencia dos orientais… Mas só testando pra saber ne!

    • Pois é Vanessa. Ainda não me rendi aos orientais (resistindo bravamente! rs), mas pelo que falam, é difícil de bater mesmo. Não digo nem a eficiência, mas a textura e toda combinação que exigimos dos protetores (fps alto + boa proteção uva + matificante + sem cheiro + preço bom … rs)

  2. O meu tb veio dos EUA. Achei a textura boa p pele oleosa, mas infelizmente me causou irritacao 🙁

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *