Hidratante protetor diário para o rosto FPS 30 (Natura)

Hidratante protetor diário para o rosto FPS 30 (Natura)

*post escrito pela colaboradora Neima Yokoyama

Esse hidratante-protetor solar da linha Natura Chronos Hydra estava na fila de produtos para testar há muito tempo: comprei há mais de um ano e ele ficou esquecido na gaveta. Ainda bem que me lembrei dele quando o meu Minesol Oil Control deu os últimos suspiros.

Ele tem uma textura leve, de hidratante mesmo. Não sei se é devido ao tempo, que anda bem seco aqui em São Paulo, mas não achei a hidratação suficiente. Ele até hidrata, mas como agora minha pele está ressecada, acabo sentindo um desconforto. Tento amenizar essa sensação borrifando água termal no rosto antes de utilizá-lo.

Penso que por fazer parte da linha Chronos, a hidratação deveria ser mais eficaz, já que essa linha busca atender as necessidades da pele mais madura, além de prometer prevenção e combate aos sinais do tempo.

Assim que aplicado na pele ele dá um aspecto levemente esbranquiçado, mas que some rapidamente. A absorção também é rápida. Ele não tem um toque seco, por isso não acho adequado para usar no alto verão. Agora que temos temperaturas mais amenas dá pra usar sem problemas, mas acredito que em épocas mais quentes ele deve “derreter”. Não achei que ele aumenta a oleosidade da pele, mas também não tem nenhum efeito matificante (a Natura não faz nenhuma promessa nesse sentido).

O produto tem um cheiro (fraco) de protetor solar, que desaparece logo depois da aplicação. A embalagem é muito prática e ótima pra carregar na bolsa ou em viagens, pois ocupa muito pouco espaço (ela é bem fininha).

Ultimamente tenho preferido produtos que proporcionem uma proteção solar mais alta, por isso provavelmente não recomprarei esse protetor solar. Mas indico pra quem gosta de praticidade, já que dá pra economizar uma etapa na preparação da pele.

Preço: R$34,00 (30 mL)

*imagem: Natura

Share

O Stash é editado por Adriana Nunan, especialista em cosméticos de luxo, com mais de 10 anos de experiência em blogs de varejo. Psicóloga clínica e consumidora exigente, Adriana oferece uma perspectiva abrangente dos benefícios – objetivos e subjetivos – dos produtos avaliados.

Comments

  1. Olha esse hidratante foi uma das PIORES aquisições que já fiz! ¬¬
    Não pelo valor que é baixo, mas pela qualidade … comprei pela promessa de leveza, hidratação e proteção solar.
    A própia natura alega que esse produto tem textura ultra leve e não oleosa ….. MENTIRA! .-.

    Quando comprei era verão e justamente por isso comprei!, afinal achei que um produto que em sua formulação tenha mais agua seria mais “leve” para os dias de temperaturas mais elevadas.
    Contudo o produto é EXTREMANTE oleoso, untuoso, deixa um brilho quase que eterno na pele e demora pra “secar” .

    E olha que moro no Paraná onde as temperaturas tendem a ser mais amenas mesmo no verão, minha pele é mista não tão oleosa e mesmo assim ficou com um aspecto insuportavelmente pesado, desagradável, brilhante (mas um brilho de oleosidade sabe?)

    Enfim, nunca gostei muito da natura pra mim tudo dela é voltado a pessoas de pele (extremamente) seca – só pode gente pois até os hidratantes de mãos são oleosos! Tirando uma ou outra coloniazinha nada salva ¬¬

    No fim das contas usei esse hidratante mais “hydra” como pós barba para a região do pescoço, mas minha vontade era de jagar fora 😀
    (pra nao dizer que não curti nada no produto, gostei muito da embalagem que é bem bonita)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *