Eau Douceur (Chanel)

Eau Douceur (Chanel)

OPINIÃO ADRIANA:

“Produto inútil”, disse minha amiga Carol Christão, perguntando se eu queria experimentar “por curiosidade”. Claro, né?

O Eau Douceur é uma água demaquilante que promete deixar a pele limpa de impurezas, maquiagem leve, e poluição. O resultado seria uma pele balanceada, macia, e com viço.

Confesso que achei que a Carol estivesse sendo dramática. Eu super confio nas avaliações dela, mas desta vez pensei que a minha amada Chanel não poderia fazer um produto tão ruim assim… Só que fez. O Eau Douceur é bem inútil!

Tudo bem que ele não promete retirar maquiagem a prova d’água, mas não consegue sequer limpar a mais básica das sombras, por exemplo. E nem sonhe em ter bons resultados na pele porque o Eau Douceur também não vai fazer nada por você nesse quesito.

Sendo uma água transparente eu pensei que pelo menos não irritaria os meus olhos sensíveis, mas ardeu. Provavelmente pela fragrância forte de rosas (precisava?). Ou seja: além de não fazer nada ainda me causa sensibilidade… Detalhe: custa US$45.00. Fujam!

OPINIÃO CAROL:

Dizer que um produto Chanel é inútil assim, na lata, é difícil para quem avalia. Mas o Eau Douceur não me deu opção.

Imagina… Você vê um cosmético da sua luxury brand favorita a um preço “bom” (quase dez dólares de desconto, com frete grátis e sem ter sido taxada pela Receita Federal) e aí você já começa a imaginar como vai ser ótimo ter ele na sua bancada do banheiro. Demooooooora pra chegar, mas chega e no mesmo dia você já quer usar né? Foi assim comigo.

Fim do dia, pele com BB Cream e vamos ao teste. Nada. Nem um pinguinho de produto removido. OK, eu peguei pesado, BB Cream coreano requer double cleansing. Deixei pra repetir o teste no dia seguinte. Ao usar de novo, nova decepção… Ele simplesmente não tira nada da pele! Nem sujeira, nem poluição, nem nada. Nem uma sensação agradável – pelo menos não pra mim, que detesto cosmético com perfume forte. Bom, não me deu reação. Mas e daí né? Não dar alergia e não ter efeito…. grandes coisas. Só faltava dar alergia, coceira, vermelhidão…

Pra que serve então esse produto? Pra mim, pra ser mais uma tranqueira no banheiro. Dessas tranqueiras que você tem uma certa pena de jogar fora, porque é Chanel. Aí fica ali no cantinho, eventualmente gera uma certa invejinha de alguma amiga desavisada. Como eu podia estar sendo radical demais, perguntei pra Adriana se ela gostaria de experimentar, mas já avisando da minha decepção. Acho que não fui a única…

Share

O Stash é editado por Adriana Nunan, especialista em cosméticos de luxo, com mais de 10 anos de experiência em blogs de varejo. Psicóloga clínica e consumidora exigente, Adriana oferece uma perspectiva abrangente dos benefícios – objetivos e subjetivos – dos produtos avaliados.

Recommended Posts

Comments

  1. Que bom ler isso, quase comprei Dri!
    beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *