Quem usa Bepantol Derma?

Quem usa Bepantol Derma?

Recentemente voltei a usar os produtos da Bepantol Derma porque minha pele, tanto do rosto quanto do corpo, começou a ressecar demais e entrei numa correria para tentar resolver o problema. Sejamos honestos: em rosto ressecado e descamando nada fica bom, né? Acabei lembrando da linha Bepantol Derma por causa do meu namorado, que morou anos em Londres e levava alguns produtos para lá para proteger a pele. Claro que existem diversos outros produtos com propostas semelhantes, de outras marcas, mas ele sempre diz que os da Bepantol funcionam melhor (pelo menos para ele).

canvas-bayer-001

Mas voltando à marca: vocês sabiam que a marca Bepantol existe no Brasil desde a década de 70? (Eu não sabia…). Nessa época era considerada um medicamento isento de prescrição, ficando conhecida pelo seu poder cicatrizante, hidratante e regenerador da pele. Atualmente, a linha Bepantol Derma (criada em 2011), pode ser considerada um cosmético hidratante, de pele e de cabelos. Isso porque ela é uma marca da Bayer e, aqui entre nós, quem não confia na Bayer?

Aparentemente o segredo da linha Bepantol Derma está na Pró-Vitamina B5 (também conhecida como “Dexpantenol”), que ajuda a reter água na pele e cabelos, deixando-os ainda mais bonitos e ajudando numa aparência saudável. A linha é dividida em 4 produtos distintos: solução, spray, labial e creme.

bepantol_derma_bayer_solucaoComecemos pelo Bepantol Solução, um produto bem versátil porque pode ser usado na pele (rosto, áreas depiladas, pós-barba) ou nos cabelos (como leave-in para dar brilho e maciez). Meu namorado e eu preferimos usar na pele, como uma espécie de tônico, aplicado antes do creme antiidade para rosto. O produto forma uma espécie de barreira contra o ressecamento. Bacana para usar em qualquer época do ano, mas principalmente no verão pelo fato dele não ser oleoso e absorver rapidamente. Eu gosto muito de aplicar com um disco de algodão, até porque a boca da embalagem é larga.

bepantol_derma_bayer_sprayO Spray também pode ser usado na pele e nos cabelos e tem a mesma função da Solução, mas a dispersão é em Spray. No caso de usar como leave-in nos fios acho o Spray bem mais prático e é interessante para levar para a praia ou piscina. Ninguém merece pele e cabelo esturricados por sol e cloro, né? Outra vantagem do Spray é a aplicação no corpo (em áreas depiladas, por exemplo), até porque ele é bem fluido (quase como se fosse uma água mesmo) e permite que você se vista imediatamente. No rosto ele é bacana para hidratar a pele durante o dia e o fato da embalagem em Spray possuir tampa e vedar bem torna o produto muito prático para levar em viagens.

bepantol_derma_bayer_labialA versão Labial possui ação antioxidante e previne o envelhecimento precoce. Se você aplicar muita quantidade (meu caso porque sou exagerada), seus lábios podem ficar levemente esbranquiçados, mas basta passar menos e tirar o excesso com um lencinho de papel. A impressão que eu tenho é que o Bepantol Derma Labial forma uma espécie de barreira protetora nos lábios e por isso gosto muito de usar à noite, aplicando uma camada bem grossa, mas não recomendo essa tática para quem dorme acompanhado – rs.

bepantol_derma_bayer_cremePor último, o Creme é voltado para áreas que necessitam de hidratação intensa (cotovelos, joelhos, calcanhares, unhas…). Aliás, acabaram de lançar uma embalagem de 40g mais econômica.

Vale lembrar aqui que os produtos da linha Bepantol Derma são apenas hidratantes e não tratamentos para a pele. Se a sua pele está com ferimentos, alergias, doenças, manchas, etc., procure um médico dermatologista, ok?

E vocês, de quais produtos gostam mais? Alguém tem dicas diferentes de como usá-los?

#publieditorial

canvas-bayer-002

L.BR.MKT.11.2016.6409

Share

O Stash é editado por Adriana Nunan, especialista em cosméticos de luxo, com mais de 10 anos de experiência em blogs de varejo. Psicóloga clínica e consumidora exigente, Adriana oferece uma perspectiva abrangente dos benefícios – objetivos e subjetivos – dos produtos avaliados.

Recommended Posts

Comments

  1. “Se é Bayer, é bom”? E, pior, com as próprias palavras de vocês: “Isso porque ela é uma marca da Bayer e, aqui entre nós, quem não confia na Bayer?”???
    Sempre gostei do blog, mas fiquei extremamente decepcionada com esse post. Vocês chegaram a pesquisar um pouco sober a empresa Bayer (e a compra da Monsanto) antes de fazer esse post pago?

    • Oi Marina. Tudo bom? Obrigada pelo comentário. Independente de ser elogioso ou não sempre achamos legal quando os leitores comentam porque mostra que se importam o suficiente para fazer isso. 🙂 E que bom que sempre gostou do blog também. Sim, o post é pago, mas isso está claro lá. Nem nós, nem a marca, omitimos essa informação. Sim, confiamos muito na Bayer, e para vários produtos. Foi apenas por esse exclusivo motivo que optamos por publicar a matéria. Caso contrário não teria sido sequer cogitado pela equipe. Acredite, não são poucas as marcas que nos procuram e enviam “jabá” (sim, ainda fazem isso) e como você deve ter notado a esta altura publieditoriais sao muito raros no blog, por esse motivo. Não vamos sair publicando qualquer coisa porque credibilidade é tudo. Quanto à Monsanto o Stash tem o objetivo de ser um blog apenas sobre cosméticos (tanto é que nem de moda falamos). Não é nem nunca foi nosso objetivo entrar em discussões políticas ou socio-econômicas. Certamente outros blogs e demais meios de comunicação fazem isso muito melhor do que nós. Não é algo que eu necessariamente saia falando por aí, mas o blog pra mim é um hobby, uma diversão. Da dinheiro? Claro, mas eu não vivo dele e nem pretendo fazer isso. Tenho Doutorado em Psicologia Clínica e esse é meu trabalho, é onde tenho as discussões “sérias”, entende? Resumindo: eu publico posts sobre os produtos que uso e gosto (ou não), e sobre as pesquisas que faço pra mim. Quase como uma forma de reunir todas as dicas num único lugar para facilitar a minha própria vida – rs. Não estamos atrelados a nenhuma loja, marca ou agência, simplesmente porque esse nunca foi nosso intuito. 🙂 beijos.

      • Oi, Adriana! A intenção não foi questionar o fato de ser um post pago, inclusive achei que isso ficou bem claro na publicação. Ocorre que se o post tivesse tratado apenas do produto Bepantol em si acho que não teria me chamado tanta atenção. Mas como enfatizou muito a empresa Bayer – e isso não remete apenas aos cosméticos – me passou uma imagem muito negativa por saber que não é apenas essa a área de atuação da empresa. Eu “te conheço” desde a época do Orkut e já sabia da tua formação em psicologia e que exerce essa profissão. Justamente por saber que o que está escrito sobre a empresa foi elaborado por uma pessoa inteligente e bem esclarecida que fiquei ainda mais desapontada. Entendo que esse seja o teu espaço para “recreação”, mas mesmo assim penso que devemos ser responsáveis com outras questões, e a atuação dessa empresa em especial tem sido bastante questionável (eu, particularmente, não confio na Bayer). Não sei se me fiz bem clara, mas espero que tenha entendido o que quis dizer. Um abraço!

  2. Suely Almeida Says: novembro 19, 2016 at 12:06 am

    Bom, eu não gostei nem um pouco da Bayer ter transformado o creme Bepantol nessa linha Bepantol Derma e ter disparado o preço. Eu sempre usei esse produto por ter brotoejas, e depois que as blogueiras começaram a endeusar o produto pra tudo eles resolveram criar linhas “derma” e “baby” e o preço só faz subir.

    • Oi Suely. Tudo bom? Realmente não tenho acompanhado os preços dos produtos porque eu geralmente ganho – rs. A linha Baby é bem legal, por acaso. Usei muito no meu filho. Não falei dela no post pq achei nada a ver. Qual você gosta de usar para brotoejas? bjs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *